Não categorizado

Mal de Altura, como prevenir para não estragar sua viagem?

O mal de altura ou soroche, como também é conhecido nos Andes, é uma doença causada pela falta de oxigênio no corpo. À medida que subimos mais alto, a pressão atmosférica é menor, por isso sentimos “falta de ar”.

Ocorre quando sobe de forma brusca a altitudes superiores aos 2,400 metros acima do nível do mar, como por exemplo quando viaja de Lima (161 metros de altitude) para Cusco (3,399 metros de altitude) de avião.

Sintomas do mal de altura

O mal de altura é bem fácil de reconhecer pelos sintomas. Menos oxigênio chega ao corpo, é possível sentir:

  • Dor de cabeça: a falta de oxigênio aumenta a pressão capilar e incha a cabeça, causando dor.

    Esse sintoma é apresentado em 80% dos casos em pessoas que sobem muito rápido acima dos 3,000 metros de altitude.
  • Enjoo e náuseas: é normal sentir um pouco de pressão na cabeça que causa enjoo e náuseas.
  • Cansaço: a falta de oxigênio ocasiona uma sensação de fadiga que deve ser feito descansando e diminuindo a velocidade dos movimentos. A recomendação é andar devagar, não correr nem se movimentar rápido.
  • Inchaço das mãos e pés: é um dos sintomas mais comuns e o primeiro em desaparecer depois que o corpo se adapta com a altitude.

rua de cusco - mal de altura

Em geral, o mal de altura dá uma sensação como se você estivesse de ressaca sem ter consumido álcool. O cansaço pode fazer você passar mal como se tivesse gripe.

No entanto, tem outros sintomas mais graves, como:

  • Sangramento da retina
  • Tosse
  • Opressão no peito
  • Pele acinzentada ou azul
  • Problemas para respirar

Nesses casos é importante buscar ajuda médica imediatamente porque poderia ocasionar em um edema pulmonar (água nos pulmões) ou edema cerebral (água no cérebro).

Outra solução imediata é descer das altitudes elevadas para aumentar a quantidade de oxigênio e diminuir os sintomas relacionados aos efeitos da altitude. A pressão baixa sobre o sistema nervoso pode aliviar o mal-estar, mas de qualquer forma é importante consultar um médico.

Como prevenir o mal de altura ou soroche?

Acreditam que as pessoas que estão em forma não poderiam sentir o mal de altura, mas isso é um mito. Há outros fatores como idade, subir muito rápido, fazer atividades físicas sem estar aclimatado, dormir mal, comer em excesso ou pouca hidratação que também influem.

pessoas passeando em Machu Picchu - mal de altura

Algumas dicas para prevenir o mal de altura são:

  • Viajar de ônibus até os lugares com altitudes elevadas, como Arequipa, Cusco, Puno ou La Paz. A subida progressiva diminui as possibilidades dos sintomas do mal de altura.
  • Tomar um remédio especial contra o soroche ou mal da montanha. No Peru tem opções como o Sorojchipills que pode ser tomado para prevenir os sintomas.
  • Mastigar folhas de coca ou tomar chá de coca: é importante não engolir as folhas de coca , apenas mastigar e engolir a saliva. Você também pode tomar mate de coca.

xícara de mate de coca para alíviar o mal de altura

  • Manter uma alimentação balanceada, baixa em sal e saudável para que o corpo possa processar melhor a comida.
  • Tomar muita água antes e durante a viagem é importante para manter o corpo hidratado.

Por que viajar de ônibus previne o mal de altura?

Há uma relação direta entre o mal de altura e a velocidade com que se muda de altitude. Quanto mais brusco a mudança de altitude, é pior a manifestação dos sintomas. Por isso, viajar pela borda da cordilheira dos Andes e subir pouco a pouco é a melhor maneira de evitar o soroche.

É recomendável o roteiro Peru Hop porque nossos ônibus viajam fazendo paradas estratégicas em lugares que são as joias escondidas do Peru.

Por exemplo, Nazca está a 520 metros acima do nível do mar, enquanto Arequipa está a 2,335 metros acima do nível do mar, mas no trajeto que fazemos é uma subida durante toda noite e você poderá dormir nos nossos ônibus confortavelmente, e quando chegar em Arequipa no dia seguinte estará descansado e aclimatado à altura.

A MELHOR MANEIRA PARA IR E VOLTAR DE CUSCO
VEJA MAIS

Como se aclimatar em lugares de grande altitude?

Se os sintomas do mal de altura te atacarem, a dica de ouro é descansar no primeiro dia de viagem, tomar muita água e fazer as coisas mais devagar. Isso é muito importante porque seu corpo está recebendo menos oxigênio no sangue e as atividades bruscas podem te afetar.

Isso não significa que o mal de altura vá estragar a sua viagem, apenas deve diminuir o ritmo. Por exemplo, andar mais devagar em relação ao que você anda normalmente, evitar correr ou esperar ficar completamente aclimatado para fazer atividades físicas rigorosas.

Também tem que tomar muito cuidado durante a viagem. O excesso de álcool deve ser reservado para quando o corpo estiver completamente adaptado, isso porque a desidratação é o seu pior inimigo nas alturas. Comer rápido e tomar muita água é o segredo.

jovem tomando água para prevenir o mal de altura

Um dos conselhos frequentes dos viajantes, é que quanto mais alto você estiver, o cérebro demora mais para enviar sinais corporais, por isso é necessário tomar água antes de ter sede, comer rápido antes de ter fome e descansar bastante para não forçar o organismo.

Tenha consideração com seu corpo e evitará incômodos.