Sem categoria

Peru precisa de visto? O que você precisa saber

Informação atualizada 2020 se para ir ao Peru precisa de visto, quais nacionalidades precisam de visto e tudo o que você precisa saber para visitar o Peru como turista.

Para ter um visto de turista para entrar no Peru nunca foi tão fácil. A maioria dos países (excluindo apenas os países asiáticos) não precisam de visto. Ou, pelo menos, o visto é emitido quando entra no país, seja por ar, terra ou mar.

Não há necessidade de vacinação, apenas a recomendação da vacinação contra a febre amarela, principalmente quando você tem algum roteiro para algumas cidades da selva. Mesmo se você não tomou a vacina antes, pode ser encontrada e tomada em quase todas as farmácias.

Se você tiver alguma dúvida ou preocupação sobre visto ou vacinas, pode perguntar a um dos expertos Peru Hop treinados em viagens que estão disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Dica Rápida: Mantenha-se atualizado se viajar ao Peru precisa de visto; escolha os ônibus exclusivos hop on hop off Peru Hop e consulte aos nossos guias a bordo de cada ônibus mais informação.

Entrando no território peruano

Para entrar no território peruano você deve ter o passaporte com mais de seis meses para vencer no momento da entrada, e pelo menos uma página para seu carimbo de entrada (e outro espaço para o carimbo de saída). Também pode ser solicitado que você mostre comprovante de viagem de volta – uma passagem aérea ou sua passagem Peru Hop, se seu pacote atravessa a fronteira para a Bolívia. Você pode ter mais informação sobre isso em contato com nossos expertos em viagem.

Um visto de turista normal terá entre 30 e 183 dias, e depende muito da pessoa que te atende. Isso pode ser estendido com uma visita a migrações, com um limite de 183 dias no total desde quando você entrou no país pela primeira vez. Esses 183 dias são válidos por 1 ano e não pode ser estendido depois desse tempo.

Se você exceder sua estadia, terá que pagar uma multa de $1.50 por dia que excedeu. Deve ser pago no caixa na saída. Tenha o dinheiro quando você sair, ou você poderia ter “dores de cabeça”.

Há um limite de 30,000 dólares americanos para entrar e sair. Quaisquer valores superiores a 10,000 dólares americanos devem ser declarados. Se sua entrada for recusada por qualquer motivo, a empresa aérea está obrigada a levar você de volta ao seu ponto de origem.

Saindo do território peruano

Se você não tiver um registro de entrada, você não será permitido sair do país até as autoridades de migrações confirmar o tempo e lugar da sua entrada. Isso é um processo longo e caro e melhor ser evitado. Certifique-se de fazer o registro de entrada no país corretamente, principalmente nas fronteiras terrestres, onde as autoridades não registram.

Roubo ou perda de passaporte e/ou documento de identidade deve ser reportado a polícia imediatamente. Você deve ficar com o registro e solicitar um novo passaporte à embaixada, e você deve substituir antes de sair do país.

De qualquer forma para entrar no Peru você deverá apresentar evidência que sairá do país. Isso pode ser em forma de uma passagem aérea, ou até mesmo usando uma passagem Peru Hop que atravessa a fronteira da Bolívia se você planeja continuar sua viagem pela América do Sul. Você pode conferir nossos pacotes e receber dicas sobre seu visto boliviano com um dos nossos expertos de viagem.

Viagem com menores: Independente da nacionalidade, todas as crianças que estão viajando com os pais, é obrigatório que tenha um passaporte válido e o visto necessário ou cidadania do país de onde eles estão viajando. O processo de imigração peruana é complexo para menores viajando sem os pais ou responsável legal.

Isso é tudo o que você precisa saber se o Peru precisa de visto. É sempre bom saber onde é a embaixada do seu país quando entrar em um país, e para saber o endereço e o número do telefone, você pode encontrar no site oficial.