Não categorizado

Tomada no Peru: Você precisará de um adaptador de tensão?

A tensão elétrica no Peru é 220 Volts. Tome precauções antes de conectar seus equipamentos em qualquer tomada no Peru e danificá-los.

A tensão no Peru é 220 volts, isso significa que se você conectar equipamentos elétricos feitos para tensão de 110 volts, danificará, saindo faísca e fumaça. Se você está planejando fazer uma viagem, aqui está toda informação que você precisa saber sobre a tomada no Peru.

A maioria dos países da América do Sul e do Norte usam tomadas elétricas de 110 volts. Entretanto, para conectar esses equipamentos no Peru, é necessário um adaptador de tensão. Por outro lado, boa parte dos países da Europa, África e Ásia possuem tensão de 220 volts (igual que a tensão no Peru), assim os equipamentos não precisam de adaptadores.

Dicas de Viagens no Peru 2024:

  • Visite Tourist Information Center em Lima para Câmbio de Moeda, Chip SIM, Wifi Grátis, Mapas Grátis e mais.
  • Latam Airlines é a melhor linha aérea. Peru Hop é a melhor empresa de ônibus. Mais informação aqui
  • Use FindLocalTrips para Passeio para Machu Picchu. Mais informações aqui.
  • Airport Express Lima é o ônibus oficial do Aeroporto de Lima.

Sites Oficiais:

O que acontece com os celulares?

Os celulares modernos estão adaptados aos dois tipos de tensão: 110 e 220 volts. O mesmo ocorre para os laptops e os aparelhos de som mais recentes.

Contudo, é importante conferir as letrinhas pequenas nos carregadores e baterias. Se estiver escrito alguma coisa similar a INPUT 110 V / 220 V, quer dizer que tem a capacidade para se adaptar as duas tensões. Se indicar apenas 110 V, duvide da capacidade de adaptação, porque a eletricidade no Peru é 220 V.

O que fazer se meu equipamento não é compatível com a tensão do Peru?

O primeiro que você deve saber é que os principais hotéis, restaurantes e lugares turísticos já têm os adaptadores de tensão integrados às tomadas elétricas, porém em outros lugares, você pode não encontrar essa facilidade.

Para não correr risco, você pode comprar um adaptador em loja de construção ou supermercado. É fácil de encontrar e barato. Também pode levar o adaptador de tomada desde outro país.

tomada de celular - tomada no peru

Quais são os riscos?

Se você tem espírito aventureiro, é melhor que faça uma trilha em Machu Picchu, mas não tente conectar seu dispositivo eletrônico em uma tensão diferente sem um adaptador.

Imagine que você vá ao Peru, saindo do Brasil e conecta seu dispositivo feito para uma tensão de 110 V em uma tomada de 220 V (tensão no Peru), danificará imediatamente! Perceberá porque o equipamento esquentará e explodirá.

Se seu dispositivo foi feito para ser conectado em 220 V e você conecta a uma tensão de 110 V, acha que você está salvo? NÃO. O equipamento será danificado, porém em um prazo mais longo.

Outro indicador que você deve prestar atenção é a frequência (Hz por “hertz”) do país de origem. Alguns são de 50 Hz e outros de 60 Hz. Nesses casos a frequência não pode ser convertida, nem mesmo com um adaptador e o melhor é deixar o equipamento em casa.

Como são as tomadas?

Redondas, planas, misturadas… você sabia que possui 14 tipos de tomadas elétricas no mundo? Em razão disso, é possível que você precise de um adaptador universal, isso não é para a tensão no Peru, mas é para os tipos de tomadas.

Esses adaptadores de tomada também são fáceis de encontrar em supermercado e lojas de construção. No Peru, as tomadas mais comuns são do Tipo A (dois conectores retangulares); Tipo B (dois conectores retangulares mais uma circular); e Tipo C (dois conectores circulares).

tipos de tomada - tomada no peru

Dica quente: Peru Hop - A empresa mais usada pelos brasileiros para viajar pelo sul do Peru. Veja AQUI mais informação de como funciona a empresa.

A recomendação é verificar qual é o conector que tem seus equipamentos e comprar um adaptador de tomada antes de viajar.

Qual é o motivo da diferença de tensão?

No mundo, nem a tensão, nem a frequência, nem as tomadas têm um padrão. A eletricidade, em termos relativos, é uma invenção recente, assim o tipo de tensão elétrica que alguns países adotaram, tinham a ver com fatos históricos e práticos.

Por trás de tudo isso tem uma história curiosa, que inclui “diferenças irreconciliáveis” entre Thomas Alba Edison e Nikola Tesla. Esse episódio do final do século XIX se chamou “A Guerra das Correntes”.

distintos tipos de tomada no peru

A Corrente Contínua (DC) de 110 Volts impulsada por Edison era más difícil para ser convertida em outras tensões. Seu funcionamento era mais caro, porém se popularizou nos Estados Unidos, Canadá e grande parte da América Latina.

Enquanto que a Corrente Alternada (CA) de 220 Volts, defendida por Tesla, podia ser modificada com mais facilidade e era mais barata para ser aplicada. Assim ela foi adotada na Europa, Ásia, África e em alguns países da América do Sul, como Chile, Uruguai, Argentina, Paraguai e Peru.

Precisa de um adaptador de tensão no Peru? – Guia rápido

Se você está saindo da Europa, África, Ásia, Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai onde a tensão é 220 V: NÃO precisa de adaptador de tensão.

Se você saindo do Brasil, Canadá, Estados Unidos, Venezuela, Colômbia e Equador onde a tensão é 110 V: SIM precisa de adaptador de tensão.